16 de fevereiro de 2012

E agora? Estou grávida!


Gravidez na adolescência sempre foi um assunto muito abordado em todos os meios de comunicação, e hoje é a minha vez de falar e dar minha opinião sobre ele.
Todos nós, ou pelo menos a maioria, já sabe "como se fazem os bebês", e com certeza, se você está fazendo esse lance de fazer um bebê, sabe muito bem como se prevenir. Os métodos de prevenção estão aumentando cada vez mais, e estão sempre à disposição de todos, como é o caso dos preservativos (as famosas camisinhas), que são dadas de graça em postos de saúde.
Mas eu vim aqui falar de gravidez, que é quando os métodos não deram certo e já tem um bebê dentro de sua barriga. Então, vamos deixar os métodos pra outra hora, e talvez com outra pessoa, porque eu já estou constrangida o suficiente de falar em gravidez, imagine se eu falar sobre sexo!
Primeira coisa que você deve ter em mente: Tem uma pessoa se formando dentro de você, uma pessoa que tem vida e um futuro, e você não tem o direito de matá-la antes que possa ao menos ver algo sem ser seu útero. Então, tire logo da sua cabeça a ideia do aborto!
Já contou pros seus pais? Está esperando o que, eles te verem com um barrigão e só então saberem que você não é mais a menininha virgem deles? Pois pode ir agora mesmo contar pra eles, eles têm o direito de saber, e além disso, eles podem te ajudar bastante nesses próximos meses.
Você conseguiria cuidar de uma criança? Pois se você a fez, não pode deixá-la sob responsabilidade de seus pais, que aliás já criaram você. Se se acha em "bom estado" para assumir essa responsabilidade, pode ficar com ela, se não é melhor dá-la para pais que realmente possam fazer isso, e que a queiram. Não há mal nenhum em dar em adoção, nem em ser adotado, aliás, isso significa que tem pessoas que te amam, mesmo você não tendo o mesmo sangue que elas.
Outra coisa: vá atrás de uma ginecologista e de fazer todo o pré natal direitinho, pois não é só a vida do bebê que está em jogo, mas a sua também. Pode ser algo chato e cansativo, mas é necessário.
E um conselho: não vá pedir conselhos pra pessoas da sua idade, que não tem experiência e poderiam te mandar fazer a coisa errada. Se for pedir conselhos pra alguém, que seja alguém mais velho e responsável, que sabe o que diz e que pode te aconselhar a fazer as coisas certas.
Gravidez é sério, você deveria ter pensado nisso antes, mas como agora já foi, faça o favor de não cometer mais nenhum erro, e se cuidar e cuidar da vida que agora cresce em você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário